Missão – ao lado de VISÃO e VALORES – é um dos DIRECIONADORES ESTRATÉGICOS PESSOAIS e representa a declaração do propósito de uma vida. Deve expressar o legado que você pretende deixar para as próximas gerações, e pelo qual gostaria de ser lembrado pela sua família, pelos seus amigos, pelos seus colegas de trabalho, pelos seus vizinhos, etc.

Missão de vida é simplesmente aquilo que precisamos fazer para nos realizar como seres humanos completos. É o que nos inspira e motiva a fazer diferença em cada dia de nossa vida.

Pense na seguinte situação. Você está fazendo 80 anos hoje, e amigos, familiares e conhecidos organizaram uma festa em sua homenagem, o que diriam de você? Qual legado deixou para as próximas gerações? Construiu uma vida digna de nota? Não me refiro a certo ou errado, melhor ou pior, mas sim, de uma vida significativa, agregando valor para você e os que convivem com você. O que será que a pessoa de 80 anos ao olhar para trás diria: olha só o que fiz comigo, com meu corpo, com minha mente, com minha família, com minha sociedade. Terá ele seguido sua missão? Vivido intensamente sua vida? A resposta depende de cada um de nós. O que você deseja que seu eu de 80 anos lhe diga, com relação ao que fez com você?

Veja um exemplo de Declaração de Missão Pessoal:

Como Escrever sua Declaração de Missão

Não há jeito certo ou errado de escrever a sua declaração de missão pessoal. Uma declaração de missão pessoal proporciona clareza e lhe dá um senso de propósito. Ela o ajuda a definir quem você é e como você irá viver. Ela é um guia para ajudá-lo ao longo da estrada da vida. Se ela tem significado para você, então isso é tudo o que importa, no final das contas, você vai levar sua vida de acordo com ela.

Uma forma simples, porém, poderosa para descobrir a sua missão de vida é responder a estas questões:

Quais são seus talentos? Relacione as atividades que você faz muito bem e adora fazer. Pode ser no âmbito profissional ou um hobby. Não precisam ser coisas que lhe tragam, neste momento, resultados financeiros. Apenas atividades que você faz de forma muito bem-feita.

Como esses talentos podem ser úteis às pessoas?  Descubra de que forma esses talentos podem ser usados para contribuir com algo útil às pessoas. Todo talento, por conceito, deve prover à humanidade um benefício ou uma utilidade especial.

Quais talentos você tem colocado em prática diariamente? A pessoa que conhece seus talentos precisa colocá-los em prática pois dessa forma estará automaticamente fazendo com que esses talentos se transformem em seu propósito de vida, chegando assim mais facilmente a sua visão de futuro.

Quando a pessoa reconhece seus talentos, acaba encontrando seu propósito de vida. E ao encontrá-lo, pode fazer com que seu propósito de vida se torne a sua profissão, a sua fonte de recursos financeiros. E terá atingido o ideal perseguido por muitas pessoas, que é fazer aquilo que gosta e ser bem-sucedido nisto.

Além disso, ao encontrar o seu propósito de vida a pessoa acaba inconscientemente se comprometendo a colocar em prática esses talentos com a finalidade de influenciar positivamente a vida das pessoas. E assim, percebe que nenhum trabalho é árduo e que não será necessário muito esforço para alcançar tudo o que deseja.

Uma outra estratégia que pode lhe ajudar a redigir sua declaração de Missão, consiste em dividir ela de acordo com diversos aspectos ou dimensões da vida, conforme ilustra a tabela seguinte.

Imagine, por último, as homenagens que você gostaria de receber de familiares, colegas de trabalho, amigos e pessoas de grupos dos quais você participa, quando se aproximar o fim da sua vida. O que você gostaria que eles dissessem?

Escreva seu primeiro rascunho. Deixe a caneta rabiscar no papel sem muita preocupação em formar frases muito elegantes. Escreva as coisas como vierem a sua cabeça. Volte a sua lista de reflexões sempre que necessário.

Seja honesto consigo mesmo. Quanto mais honesto você for consigo mesmo, mais marcante e mais apropriada será sua declaração.

Escreva seu segundo e terceiro rascunhos, conforme julgar necessário. Em cada rascunho, torne mais sofisticada sua escrita, ortografia ou aparência.

Assine. No final, coloque sua assinatura.

Monte sua declaração. Coloque-a em uma moldura e pendure em sua parede, porta do quarto, geladeira, escritório ou qualquer lugar que você olhe com frequência. Dessa forma, você pode se lembrar constantemente da sua Missão.

Lembre-se que sua declaração não é imutável. Ela pode mudar e evoluir, do mesmo jeito que pessoas reais fazem.

Relaxe. Escrever uma declaração de missão pessoal pode parecer uma tarefa assustadora e intimidativa. Se uma “declaração de missão pessoal” soa muito pesado, chame-a de outra coisa: um guia, uma declaração de intenções, uma busca, a declaração de seus valores.

Tome seu tempo. Tome um longo período, dias ou mesmo semanas, para ponderar sobre o que você quer para sua vida.

Tente escrever um ou dois parágrafos longos. Não há um limite de palavras para a sua declaração. A declaração pode ser tão resumida ou tão detalhada quanto você queira. O importante é que ela seja clara e completa.

Seja criativo. Se você sentir dificuldades para redigir em prosa, transforme sua missão num poema! Desenhe-a como uma pintura ou caricatura. Escreva-a como uma canção. Não tenha medo de usar humor ou um tom divertido.

Avaliando sua Declaração de Missão

Após concluir sua declaração de missão, é recomendável avaliar sua qualidade. Esta avaliação é bastante simples e procura, basicamente, examinar se a declaração atende alguns requisitos considerados desejáveis.

A tabela abaixo ilustra como esta avaliação pode ser feita.

Se você verificar que a resposta para alguma das perguntas acima é negativa, revise e, se necessário, altere sua declaração de Missão.

Revise periodicamente sua Missão

A Declaração de Missão Pessoal é sempre uma obra inacabada. Portanto, não deixe de revisa-la de tempos em tempos e altera-la, sempre que julgar necessário.

Conclusão

A Declaração de Missão faz parte do processo de Planejamento Estratégico Pessoal, o qual é, sem dúvida, uma atividade de extrema relevância para qualquer pessoa, independentemente de idade, sexo, escolaridade e profissão.

O Planejamento Estratégico Pessoal, que é o processo através do qual se elabora o Plano de Vida, possibilita:

  • Aumentar significativamente seu nível de autoconhecimento (diagnóstico estratégico).
  • Identificar seus direcionadores estratégicos (Missão, Visão e Valores).
  • Definir objetivos e metas para equilibrar e aumentar o seu nível de satisfação pessoal.
  • Estabelecer os planos de ação necessários para alcançar seus objetivos.
  • Selecionar indicadores que lhe permitirão monitorar e controlar a execução dos planos de ação.

Caso você queira se aprofundar sobre o material aqui disposto, entre em contato comigo por AQUI.

Agradecimentos: Perspectiva Consultores Associados Ltda.